Mostrando posts da categoria: Curiosidades


Bolacha de chopp: do que é feita e para o que serve

16 de setembro de 2021 | Por admin

Na hora de organizar um happy hour, alguns itens são indispensáveis para acompanhar um bom chopp com tranquilidade. Só que, além da caneca para degustar aquele colarinho cremoso que só o chopp tem, nesse post vamos contar para você como o suporte de copo, conhecido como bolacha, é essencial quando estamos falando de chopp.

Já mostramos aqui a história das bolachas de chopp que surgiram no final dos anos 1800 na Alemanha, alguns anos antes da bebida chegar ao Brasil. No início eram feitas com um papel bem grosso em um único formato, bem diferente das inúmeras opções que temos hoje.

 

Antes de mais nada, veja o porquê você deve usar

Você pode até pensar que o acessório, apesar de simples, não passa de um item dispensável, mas usar a bolacha de chopp faz toda a diferença. O copo colocado direto na mesa, pode deixá-la com marcas que não sairão com facilidade.

Basta perceber, toda vez que você levanta o copo para um novo gole, ficam gotículas de água na mesa, que se estiver com toalha, vai sujar com mais facilidade. Já se o copo estiver apoiado direto na mesa, a água que escorre da parte externa da caneca, facilmente pode manchar a madeira.

Então, além de ter cuidado com os móveis e evitar problemas, vamos combinar que não tem nada mais agradável que degustar uma bebida e saborear petiscos com a mesa limpinha, sem ter que ficar passando pano toda hora, né?

E o material? As bolachas são feitas de que?

Bem, você provavelmente já usou em um restaurante, bar ou mesmo em casa, aquela bolacha mais comum, feita de papelão, em formato quadrado ou de disco, como algumas que temos aqui. Mas como o acessório tem se popularizado, é possível que você encontre por aí o suporte feito em outro material como MDF.

No meio de algumas opções, se você quiser produzir a sua própria bolacha ou precisar de uma com urgência, vamos compartilhar uma dica valiosa: dá até para arriscar e fazê-la com E.V.A, o que, com uma pitada de criatividade, pode ficar bem legal e ser usada várias vezes.

Mais útil que apoiar copos

Isso mesmo! A bolacha que você leva para casa pode ter outras utilidades, como, por exemplo, ser usada para decoração! Seja no cantinho do churrasco ou em qualquer outra área de refeição, as bolachas de chopp podem servir como uma placa decorativa na parede, e a boa notícia é que devido ao material, o processo para fixá-las é bem simples, basta usar uma fita dupla face adesiva.

Mas, se quiser algo mais simples, sem mexer na parede, uma opção é fazer uma espécie de mosaico de bolachas em um quadro, nesse caso, você só vai precisar de uma moldura e cola.

Como o uso do suporte serve mais que apoiar copos, a bolacha também pode ser um item para colecionar, por isso, é bom sempre adquirir a sua! Por mais que você não colecione, ela pode ser incluída no presente a um amigo junto com outros itens como avental, caneca, abridor e outras opções que você pode conferir na nossa boutique para deixar o kit completo.

Aqui na Kremer nós acreditamos que beber chopp com os amigos, é a certeza de que teremos os melhores momentos, tanto que temos até uma bolacha estampada com essas palavras. Então, quando for abastecer seu estoque ou organizar uma festa com nosso clássico Chopp de Origem, não se esqueça que você pode receber seus produtos no conforto de casa. Na nossa loja virtual, você conta com as melhores opções da produção artesanal, com excelência em todos os produtos. 

 

Agora que você já sabe os principais motivos para garantir suas bolachas de chopp, compartilhe conosco o seu #MomentoKremer. 

 

Siga-nos no Facebook e no Instagram para ficar por dentro das nossas novidades. Lembrando que nós também estamos no LinkedIn. Nos acompanhe nas redes sociais.

 

Cuide bem da sua Kremer e até o próximo post! 

 

 



RECEITAS KREMER | MOJITO DE CERVEJA

2 de setembro de 2021 | Por admin

Um drink refrescante cai bem em muitas ocasiões, tanto que depois da cerveja, a caipirinha é uma das bebidas mais queridas por nós. Por isso, resolvemos te contar que, se você gosta de um bom drink, vai se encantar com o Mojito de Cerveja. 

Aqui na Kremer, amamos tudo o que se faz com cerveja, desde biscoitos até os drinques mais sofisticados como Black Velvet. E claro que o Mojito não ficaria de fora.  Já pode separar o papel ou salvar essa página para guardar a receita, assim você já acrescenta mais uma opção em seus dotes culinários.

 

Está na hora do preparo!

Primeiro, você vai precisar de açúcar refinado, folhas de hortelã, rum, gelo, limão e, claro, a cerveja, que pode ser uma Puro Malte American Lager, como a Kremer Golden, que é leve e tem delicados nuances de amargor. 

Mas, se você quiser apostar em um drink mais denso, a outra opção é substituir a Kremer Golden pela Kremer IPA, uma India Pale Ale que tem um amargor mais intenso e sabor marcante. 

Depois de escolher sua cerveja, já pode separar o copo, que pode ser aquele baixo, usado para beber uísque ou um comprido e estreito, chamado de long drink.

 

Ingredientes: 

1 dose de rum (50 ml que pode ser medido em shot)

100 ml ou 1/5 de Kremer Golden ou IPA

1 colher de açúcar refinado

10 folhas de hortelã ou mais, se quiser intensificar o sabor 

Gelo a gosto 

50 ml de suco de limão (opcional) 

*Se quiser fazer em maior quantidade, basta dobrar os ingredientes*  

 

Atenção na hora de misturar!

Ingredientes separados, agora você vai precisar de uma coqueteleira para fazer a mistura. Caso não tenha, pode utilizar outro recipiente de vidro.

Acrescente o açúcar e depois as folhas de hortelã para serem amassadas. Em seguida, coloque o limão, a dose de rum e misture até ficar homogêneo. Transfira para o copo com gelo e complete com a Kremer Golden ou IPA.

Se quiser deixar o drinque mais bonito, como um bom bartender, basta colocar no copo algumas rodelas de limão e finalizar com folhas de hortelã. 

 

Viu só como é simples? 

 

Sempre falamos como acreditamos que cozinhar é tirar um tempinho para si e demonstrar afeto a quem amamos. Por isso, deixaremos uma bela dica: esse mojito harmoniza com um peixe grelhado e até hambúrguer! Mas, se quiser petiscos leves, pode apostar em queijos ou lula empanada.

Além disso, esse mojito também fica perfeito para um churrasco, que pode ficar ainda mais marcante se composto pelas canecas, avental e utensílios para degustação que você só encontra no Universo Kremer visitando nossa boutique clicando aqui!

 

Agora que você tem uma nova receita para incluir no seu cardápio, compartilhe conosco seu #MomentoKremer usando essa hashtag e não esqueça de nos marcar.

 

Fique atento ao nosso Instagram e Facebook, lembrando que também estamos no LinkedIn. Acompanhe nossas redes e fique sempre por dentro das melhores dicas.

 

Cuide bem da sua Kremer e até o próximo post! 

 



Chopp é mais leve quando comparado à cerveja?

19 de agosto de 2021 | Por admin

Basta uma comemoração ou momento de lazer, que não faltam motivos para apreciar uma cerveja ou um bom e velho chopp, bebidas tão queridas por nós, que fez o Brasil registrar, no ano passado, o maior volume de vendas nos últimos seis anos, segundo a Euromonitor.

Só que, apesar da popularidade, você já deve ter ouvido alguém dizer que prefere o chopp a cerveja por causa da leveza do sabor, o que pode dar a falsa sensação de baixo teor alcoólico. Mas como a verdade não é bem por aí, hoje vamos esclarecer essa antiga polêmica. Então, preste bem atenção nesse post para instruir aquele camarada que utiliza a informação errada na hora de escolher o que beber.  

Prefere cerveja ou chopp? Entenda as diferenças

Quem nunca marcou de beber uma cerveja com um amigo, mas, chegando na hora, acabou optando pelo chopp? Isso mostra como muitas pessoas têm o costume de dar o mesmo nome a essas duas bebidas diferentes, sem levar em consideração onde cada uma é colocada.

Quando escolhemos uma cerveja, que é armazenada em latas ou garrafas, é importante saber que ela é diferente do chopp, que é armazenado em barril e pressurizado com gás carbônico, o que garante seu frescor e o famoso “colarinho” de três dedos quando o extraímos da chopeira.

Já mostramos aqui os quatro passos para se tornar um expert em cervejas, então, agora você vai ficar sabendo que, quando falamos sobre o chopp, é verdade que ele realmente tem um sabor mais leve, mas isso não é porque o teor alcoólico da bebida é menor, e sim por causa de um processo chamado pasteurização que a cerveja passa e ele não.

Mas o que é pasteurização?

Para entender a principal diferença entre o chopp e a cerveja, é preciso saber, primeiramente, que a pasteurização nada mais é que um processo térmico que a cerveja passa para eliminar ou reduzir a concentração de micro-organismos que podem deteriorá-la ao longo do tempo.

Por ser pasteurizada, a cerveja tem uma longa vida útil, então, é por isso que quando vamos conferir o prazo de validade na garrafa, geralmente passa dos seis meses. 

Já o chopp, como não é pasteurizado, em média, deve ser consumido em torno de 15 dias. Embora esse processo possa alterar levemente o sabor de uma bebida, ele não interfere de nenhuma forma no álcool.

Mais parecidas do que se imaginava

É bem por aí! O processo de produção do chopp e da cerveja são iguais, pois passam pelas mesmas etapas, o que difere é a pasteurização. 

Tanto que, segundo a mais recente Instrução Normativa do Ministério da Agricultura sobre o assunto (IN n.º 65 de 10/12/2019), só é permitido chamar de chopp se não passar pela pasteurização, sendo este o ponto crucial de diferenciação entre as duas bebidas.

Quer dizer que o teor alcoólico é o mesmo que o da cerveja?

Bem, se a diferença entre as bebidas é a pasteurização e esse processo não interfere no álcool, então podemos considerar que o teor alcoólico é praticamente o mesmo da cerveja, ao contrário do que muitos pensam por aí. 

É claro que quando você for analisar vários chopps, encontrará muitas variações no teor alcoólico de acordo com o tipo de bebida, assim como as cervejas. No geral, o teor do chopp claro fica entre 3,8 e 4,7 % V.V. Como um bom exemplo, o nosso clássico Pilsen, que tem o teor alcoólico de 4,0%, nada muito distante de cervejas pasteurizadas tradicionais. É importante ressaltarmos que chopp e cervejas seguem o mesmo teor alcoólico quando possuem o mesmo estilo.  

 

Agora que você já sabe que a diferença entre as duas bebidas é a pasteurização, que tal degustar um Chopp de Origem e apostar numa comemoração completa com canecas, avental e utensílios especiais?  Conheça o Universo Kremer e os produtos da nossa boutique clicando aqui!

 

Para continuar nos acompanhando, fique atento ao nosso Instagram e Facebook, lembrando que também estamos no LinkedIn. Acompanhe nossas redes e fique sempre por dentro das melhores dicas.

 

Cuide bem da sua Kremer e até o próximo post! 



RECEITA KREMER: aprenda a fazer o drink Black Velvet

5 de agosto de 2021 | Por admin

Apreciadores de cervejas e espumante não precisam esperar por comemorações para degustar um bom drink e nem frequentar aqueles bares finos de alta coquetelaria. Afinal, quem gosta de se aventurar na cozinha também pode preparar seus próprios drinks em casa. 

Por isso, agora, vamos mostrar que você não precisa de utensílios especiais e nem de ingredientes exóticos para preparar uma bebida deliciosa.

Aqui na Kremer, falamos que cozinhar é um ato de amor e demonstração de cuidado quando preparamos uma receita para alguém. Então, que tal aprender como fazer Black Velvet e aproveitar o tempinho de descanso?  

Salve essa página ou anote os itens para não esquecer!

 

Preparando seu drinque com a cerveja certa

Já pensou que misturar cerveja e espumante seria uma boa combinação? Essa ideia surgiu no século XVIII e o resultado foi um drink suavizado, com uma faixa preta no copo, mostrando como as bebidas não se misturam.

Para começar, você vai precisar de uma Kremer Stout, mas antes de escolher o espumante, é válido lembrar que você pode encontrar por aí em cardápios ou receitas o mesmo drink com champagne, e está correto também, afinal champanhe é um espumante que tem esse nome por causa da região onde é produzido, no nordeste da França.

Mas de volta a receita, para fazer o Black Velvet, você deve misturar o espumante com a Kremer Stout, tem até quem arrisca a trocar a Stout pela Kremer IPA, o que pode deixar o drink mais aromático, com tons mais densos devido à complexidade de equilibrar os sabores. Mas deixando os aventureiros de lado, anote que a receita original é: metade Kremer Stout e metade espumante.

 

Receita para um Black Velvet

Ingredientes:

– 100 ml de Kremer Stout 
– 100 ml de espumante seco à sua escolha

* Ou a mesma medida de ambos se feito em maior quantidade

 

Atenção na hora da mistura das bebidas e na escolha do copo 

Ingredientes à mesa, agora só falta escolher onde misturar as bebidas. Você pode usar um copo tipo pint (aquele alto que usamos para cerveja) ou taça tipo flute (de champagne).

Agora, basta colocar o espumante até a metade do copo e, ir completando lentamente a outra metade com a Kremer Stout. Preste bem atenção nessa parte, para que as bebidas não se misturem até formar uma espuma homogênea. 

Agora sim! Não falamos que era simples de fazer? Já está pronto para degustar! 

 

De olho nos aperitivos

As fortes características com textura aveludada da Kremer Stout harmonizam perfeitamente em pratos salgados com carnes defumadas. 

Mas, caso você queira pratos mais leves como aperitivos (o que é bem convidativo do Black Velvet), pode apostar em uma bruschetta, tomate-cereja com queijo cottage, batata rústica, bolinhas de queijo ou mesmo canapés. Opções simples de fazer sem muito trabalho, não é mesmo?

 

Queremos fazer parte do seu #Momento Kremer

Chegou a hora de experimentar a nossa receita! Tire uma foto ou faça um vídeo e deixe a gente fazer parte desse momento usando a hashtag #MomentoKremer nas redes sociais. Você também pode nos marcar quando você estiver apreciando as nossas cervejas. 

Siga-nos no Facebook e no Instagram para acompanhar nossas novidades. Lembrando que nós também estamos no LinkedIn. Acompanhe nossas redes e fique sempre por dentro das melhores dicas.

 

Compre e receba no conforto de casa 

Fugir das filas de supermercado e comprar sua cerveja pelo site é uma das opções na hora de escolher o que quer beber ou deixar o estoque abastecido. Na nossa loja virtual, você conta com as melhores opções da produção artesanal com excelência em todos os produtos. 

Acessehttp://kremercervejaria.commercesuite.com.br/ e receba suas compras sem sair de casa.

Até a próxima com mais uma receita Kremer!

 



Vai de Lager ou Ale? Saiba a diferença ao escolher sua cerveja.

22 de julho de 2021 | Por admin

Na hora de pesquisar qual cerveja levar, basta uma rápida olhada no rótulo que essas duas palavras surgem como opção na hora da escolha, mas nem sempre é possível saber de cara quais são as diferenças entre uma cerveja estilo Lager e Ale. De forma bem resumida, a principal diferença entre ambas é a fermentação de cada uma. São fermentadas à base de malte de cevada, claro, mas o processo é distinto, assim como as temperaturas são variadas.

De origem Alemã, algumas cervejas produzidas em Baviera, no sul do país, começaram a ser fermentadas em locais com baixa temperatura como cavernas e montanhas. Esse experimento resultou numa bebida mais leve e clara: Lager – palavra que traduzida para a língua portuguesa significa “armazenamento”, que refere-se, portanto, à baixa fermentação no processo que é feito com temperaturas baixas entre 5°C e 13°C. Sua levedura é chamada Saccharomyces Pastorianus, o que marca o aroma da Lager com sabores das matérias-primas que foram feitas: malte e lúpulo.

Já como oposto de baixa fermentação e temperatura, a cerveja tipo Ale é conhecida pela alta fermentação. Sua levedura chamada Saccharomyces Cerevisae suporta temperaturas mais altas, e chega perto de 25 ºC, o que ajuda a caracterizar a bebida com uma diferente coloração, aromas e sabores mais intensos, sendo boa parte com notas de frutas de subprodutos gerados pela levedura.

Aprendido a diferença entre o processo de produção, que resulta na peculiaridade do sabor de cada uma, é hora de partir para a escolha e há um leque de opções muito conhecidas de ambas. A mais popular da Lager é a cerveja Pilsen, mas ainda há outras opções como a Kremer Golden, uma Puro Malte American Lager, que prova a leveza da Lager equilibrando o lúpulo com leve adocicado e delicado amargor.

Já na família Ale, uma das mais conhecidas é a IPA, a Puro Malte India Pale, como a Kremer IPA que, com intenso amargor e notas de madeira nobre, prova como é característica única de sua levedura. Mas, para além da coloração acobreada, quem prefere a bebida mais clara, pode optar pela amarelo-palha como a Kremer Weiss, que prova o lado frutado da Ale com notas de banana e cravo.

 

Agora sim! É só escolher a que mais se encaixa com seu gosto e harmonizar com os pratos ideais para cada bebida. Continue nos acompanhando por aqui para saber como.

E aí, curtiu as dicas?

Reunimos aqui os pontos principais para você conservar melhor essa bebida tão especial que é a cerveja, mas também queremos saber como é que você costuma armazenar aí na sua casa. Que tal contar pra gente? Clique aqui para curtir nossa página no Facebook e nos siga também no Instagram

 

É sempre bom lembrar que estamos também no Linkedin, clique aqui e não deixe de nos acompanhar por lá também!

 

Para garantir sua Kremer sem sair de casa, é só acessar nossa loja online e fazer suas escolhas!

 

Cuide bem da sua Kremer e até o próximo post! 

 



RECEITAS KREMER | CARNE NA CERVEJA

8 de julho de 2021 | Por admin

Não é novidade para ninguém que além da cerveja ser uma paixão nacional, sua versatilidade permite que as mais variadas receitas sejam criadas a partir dela, desde pratos salgados até as sobremesas.

Apreciar sua Kremer de forma tradicional já é uma delícia, agora imagine: como deve ser acrescentá-la a uma receita especial? Pois é, o sabor do prato fica sem igual e aqui mesmo em nosso blog temos diversas receitas de dar água na boca.

E falar na receita de hoje, o que melhor poderia combinar com cerveja? Se você pensou em carne, acertou! O churrasco acompanhado de um Chopp Kremer é um convite irrecusável, mas hoje a proposta é diferente! Nossa sugestão é preparar a carne usando a cerveja como um dos “tempeiros”. Que tal experimentar?

Trouxemos uma receita muito saborosa para incentivar você a preparar uma deliciosa carne com cerveja. A gente garante que esse prato vai fazer sucesso.

Vamos ao passo a passo?

Ingredientes:

  • 1 kg de miolo de alcatra ou acém
  • 1/2 pacote de creme de cebola
  • 1/2 pimentão verde picado
  • 1 cebola média picada
  • 4 dentes de alho amassados
  • 1 lata de molho de tomate
  • 330 ml da Kremer Stout
  • 1/2 xícara de salsinha picada

 

Modo de preparo:

Em uma panela de pressão, refogue a cebola, o alho e o pimentão, depois adicione a carne, o molho de tomate, a cerveja e o creme de cebola. Tampe a panela e deixe cozinhar por cerca de 30 minutos. Após esse tempo, destampe a panela e adicione a salsinha picada.

Pronto! Receita rápida e sem complicação. Se desejar, você pode colocar a carne em uma travessa com um pouco do molho do próprio cozimento e então servir! 

 

Como tornar o momento de cozinhar mais gostoso?

Convoque a família para ajudar e reúna todos na cozinha! Distribua as funções e aproveite para conversar e descontrair. Esse pode ser um momento gostoso de troca, que antecede o almoço ou o jantar, uma forma de estar mais perto de quem se ama.

Agora que você já sabe como preparar essa receita deliciosa, queremos acompanhar suas aventuras na cozinha. Então na hora de elaborar sua receita usando as Cervejas Kremer ou simplesmente degustar, compartilhe com a gente utilizando a #MomentoKremer nas redes sociais. Você pode ainda nos marcar em seus vídeos e fotos no Facebook e no Instagram.

 

Nossa loja virtual está aberta 24 horas!

Não custa nada lembrar, em nossa loja virtual você confere uma infinidade de produtos e pode comprar sem sair de casa, é só acessar: http://kremercervejaria.commercesuite.com.br/

 

Encontre também o franqueado mais perto de você, é só acessar o nosso site.

 

Até o próximo post!

 



Arraiá completo em casa com Kremer!

24 de junho de 2021 | Por admin

Eita tempo bom, a época da festança caipira com quitutes típicos da roça já chegou! O período não permite reunir os compadres e as comadres para o balancê das quadrilhas nas quermesses, mas não precisa chorá pitanga e nem deixar a festa passar em branco. Neste post, você verá como montar uma baita festa junina em casa, contando com a decoração e as formas de harmonizar pratos com as delícias do São João.

 

Crie uma quermesse em casa

Para entrar no clima da festança caipira, Batê o Zóio em casa e abuse da criatividade. 

Você pode fazer isso gastando pouco, aproveitando ideias DIY, o formato faça você mesmo, usando o que já tem casa, como tecidos coloridos e roupas velhas para estampar almofadas e mudar a cortina, como se fosse uma colcha de retalhos. 

As bandeirinhas e balões podem ser feitos com cartolina, offset, E.V.A ou até mesmo pintar o papel sulfite comum. Procure intercalar as cores na decoração e dê preferência às quentes, assim o ambiente ficará mais colorido e aconchegante.

Uma boa ideia é pendurar na parede uma faixa ou cartaz com o nome da festa e do anfitrião, como “Arraiá da Kremer”. Para isso, pode usar papel kraft, pois, além de ser fácil de escrever, é barato e você consegue comprar no tamanho que quiser. 

Caso tenha, chapéus de palha também são uma boa opção para pendurar na parede, assim como flores são uma ótima ideia para colocar na mesa. Lembre-se de que parte da decoração pode ser guardada para o próximo ano, por isso, pode caprichar.


Imagem ilustrativa. A venda e o consumo de bebidas alcoólicas são proibidos para menores de 18 anos.

 

Como uma boa festa, uma playlist animada não pode faltar e, se você tem vontade de conhecer festas tradicionais nordestinas, como o São João de Campina Grande e o de Caruaru, fique atento às datas dos shows virtuais que acontecerão neste ano e aproveite para balançar o esqueleto

Além disso, outros grandes nomes do forró e do sertanejo devem animar o balancê em lives como uma forma de incentivar o baile caipira em casa. 

Uai, e a fogueira? Se mora em apartamento ou local sem estrutura para juntar as lenhas, coloque a imagem da fogueira na TV ou acenda algumas velas que vale da mesma forma.

 

Quitutes caipira

Na hora de decorar a mesa, escolha uma toalha colorida ou xadrez, mas, caso não tenha, coloque bandeirinhas em volta da mesa ou do aparador, o que pode ser usado também em outro móvel no mesmo ambiente.

Dê preferência às louças de barro e utensílios rústicos. Se quiser enfeitar copos, talheres e potinhos de doces, faça laços pequenos, minibandeirinhas ou cole um pouco de palha. 

 

Cada prato com quitute caipira pode ser acompanhado de uma cerveja ideal e tem aqueles que, de maneira nenhuma, podem faltar na mesa, como o indispensável milho cozido, que combina com uma suave cerveja de trigo, como a Kremer Weiss, que, com leve amargor do lúpulo, tem um sabor frutado devido à banana e ao cravo e uma espuma bem cremosa.

 

Na comilança não pode faltar os lanches, como um cachorro-quente, espetinho e bolinhos com recheios de linguiça, o ideal é escolher uma bebida mais intensa, com sabor marcante, como a Kremer IPA, que, com amargor médio e lúpulos críticos e florais, harmoniza com carnes vermelhas e pratos picantes.

 

O clima com temperaturas mais baixas pede pratos quentes, por isso, guloseimas como a canjica, o arroz-doce e a pamonha combinam com uma cerveja escura, com malte torrado e notas de café, sabor que a Kremer Stout tem, equilibrando um leve amargor adocicado. 

Se optar por pratos mais leves, como pipoca e queijo coalho, escolha como acompanhamento uma American Lager, nós indicamos a Kremer Golden que harmoniza com pratos leves. Mas, por via das dúvidas, o chopp Pilsen também pode ser uma opção, fácil de agradar a todos os gostos e disponível em barril ou growler, não pode faltar na mesa em qualquer comemoração.  

 

 

Para melhorar, você tem a opção de pedir as bebidas na loja virtual da Kremer e receber no conforto de casa. Mas se quiser ganhar um presente, basta comprar 50 litros de Chopp Kremer Pilsen em nossa franquia ou distribuidor mais perto de você, assim você leva pra casa um Growler Grape Kramer. Encontre o lojista mais próximo clicando aqui.

Agora, aproveite essas dicas, e curta uma das festas mais aguardadas do ano.

Não se esqueça de marcar a #MomentoKremer em seu arraiá.00

Obs.: A promoção não é válida para compras on-line.

 

Aproveite para seguir o nosso Instagram e Facebook para continuar nos acompanhando.



Aproveite melhor o inverno com Kremer

26 de maio de 2021 | Por admin

As temperaturas caíram? Brinde no inverno com as cervejas certas!

Com o inverno se aproximando, naturalmente os dias ficam mais curtos e as temperaturas mais baixas. Mas as mudanças não param por aí, nosso apetite por comidas mais fortes em sabor e bebidas que combinam com o clima também começam a surgir.

E se você ainda associa o consumo de cervejas somente com o verão e aqueles dias quentes e ensolarados, hoje vamos te mostrar algumas escolhas ideais para se degustar no inverno e aproveitar esse friozinho convidativo com muito mais sabor.

 

Confira!

 

Kremer Dunkel – Nobre, intensa e encorpada.

De origem alemã, a Kremer Dunkel revela um sabor suave de caramelo, associado a um amargor moderado. Possui um blend de maltes especiais, o que lhe confere um aroma com notas de chocolate, nozes e caramelo. Além disso, o malte torrado proporciona uma cor mais escura, que vai do cobre profundo ao marrom-escuro. Aliás, o próprio nome revela isso, já que Dunkel, significa escuro em alemão. 

É uma cerveja de corpo médio, equilibrada e de espuma persistente e cremosa.

Depois de provar, harmonizar sua Dunkel será ainda melhor!

Uma dica importante na hora de harmonizar, é sempre estar ciente de que quanto mais escura a cerveja, mais escura deve ser a comida. Isso se deve ao fato de que a Kremer Dunkel tem um sabor mais tostado, que combina bem com os mesmos sabores de comidas assadas ou grelhadas. Uma boa pedida na harmonização são queijos tipo cheddar, parmesão, gruyère ou emmental, além de pratos temperados e mais intensos como carne suína, javali e carnes assadas.

 

Kremer Red Ale – Surpreendentemente saborosa!

Feita com maltes especiais, a Kremer Red Ale já impressiona instantaneamente pela sua cor, um tom acobreado muito bonito de se ver. Seus sabores são maltados, remetendo ao caramelo, toffee e torrado. Com carbonatação moderada, ela é uma cerveja gostosa de se apreciar, com bastante destaque para o malte, doce no início e mais torrada para o final.

Hora de harmonizar sua Red Ale! 

Harmonizar sua Red Ale não tem muito segredo, ela vai bem com burritos, carpaccios temperados, pimentões recheados e até com alguns sabores de pizza mais fortes, como calabresa e pepperoni, por exemplo. Entretanto, se você não está disposto a inovar tanto na cozinha, saiba que ela também harmoniza perfeitamente com massas, carnes vermelhas grelhadas e queijo gouda. Chega a dar água na boca!

 

Kremer Stout: complexa e harmoniosa 

As Stouts são cervejas de alta fermentação, tipo Ale, produzidas com muito malte torrado. Isso se traduz em corpo de alto a médio, com sabor tostado, além de uma cor muito escura, que é a característica mais marcante desse estilo.

Além de suas inúmeras particularidades, destaca-se na Kremer Stout o malte torrado com profundas notas de café e chocolate lhe confere um final adocicado e levemente amargo. Ela é uma cerveja complexa, harmoniosa e de textura aveludada.

Que tal uma tábua de frios para harmonizar?

Esse estilo tem uma incrível capacidade de equilibrar alimentos muito salgados, por isso vai muito bem com presuntos de parma e pancetta. Entre os queijos, o gorgonzola é uma excelente combinação com a Stout, ou seja, ideal para degustar com uma gostosa tábua de frios. Mas as harmonizações não param por aí, você pode combinar sua Stout com carnes defumadas, molho barbecue e sobremesas com chocolate.

 

Kremer Ipa – A inglesa que conquistou os brasileiros. 

A Kremer Ipa é o tipo de cerveja apreciada por muita gente e tem como principais características o amargor e sabor mais lupulado. De origem inglesa, a IPA conquistou o paladar dos brasileiros e é quase obrigatória entre os rótulos das cervejarias artesanais. 

Fruto da combinação de lúpulos e maltes selecionados, a Kremer IPA apresenta intenso amargor com notas de madeira nobre. Trata-se de uma cerveja única de coloração acobreada, espuma densa e sabor marcante.

A harmonização da Kremer Ipa é fácil e deliciosa.

E quando o assunto é harmonização, a Kremer IPA é a escolha perfeita para acompanhar queijos como roquefort e gorgonzola, além de carnes vermelhas, pratos apimentados, costelinha suína e carnes defumadas no estilo dry rub, aquelas que levam uma mistura de condimentos secos antes de irem ao forno ou à grelha. Outro jeito muito popular de apreciar uma IPA é com um bom hambúrguer artesanal, nada mal, não é?

 

Cervejas Especiais Kremer, sempre com você!

E aí, gostou das opções que selecionamos para você brindar no inverno? 

Vale destacar que a  linha de Cervejas Especiais Kremer chegou para transformar simples apreciadores em verdadeiros especialistas. Elas são produzidas com matérias-primas altamente selecionadas, como o malte e o lúpulo provenientes dos berços germânicos, além da água da montanha.

A Kremer Cervejaria alia o zelo da produção artesanal às modernas tecnologias para garantir a excelência em todos os produtos.

Aproveite as temperaturas mais baixas e não deixe de brindar com Kremer! Acesse nossa loja online e confira uma variedade de produtos que você pode comprar e receber em casa!

Siga-nos também no Facebook e no Instagram para acompanhar todas as nossas novidades e compartilhar o seu jeito preferido de brindar.

 

Curta o inverno que está chegando26 e até mais!



Páginas:1234567...13»