Lambic: a grande “mãe das cervejas’’ que você precisa conhecer

3 de março de 2021 | Por admin

No universo das cervejas artesanais, o que não faltam são famílias e estilos dos mais variados. Apesar dos ingredientes principais das cervejas serem água, malte, lúpulo e levedura, existem variações que fazem toda a diferença no produto final. É o caso da Lambic, considerada a “mãe das cervejas’’ e que você vai conhecer com mais detalhes hoje. Ainda falando em matérias-primas, suas características específicas e as diferenças no modo de preparo influenciam diretamente nos sabores, aromas e na aparência de sua cerveja.

Vamos conhecer mais sobre a Lambic? 

Você vai descobrir neste artigo por quê essa cerveja é tão especial e o motivo pelo qual ela é considerada a “mãe das cervejas’’!

 

Qual a principal característica da Lambic?

Não é de hoje que as bebidas fermentadas e alcoólicas fazem parte do cotidiano das pessoas ao redor do mundo. Para entender mais sobre a Lambic, é preciso voltar no tempo, mais especificamente ao século XVI, em Lembeek, uma pequena cidade da região de Pajottenland, nas redondezas de Bruxelas. Os moradores produziam uma cerveja fermentada de maneira espontânea, ou seja, apenas contando com as bactérias e leveduras presentes no ar. Gradualmente a bebida começou a ganhar popularidade e em pouco tempo foi batizada como Lambic.

Uma curiosidade: A Lei da Pureza, criada em 1516 pelo duque Guilherme IV da Baviera, determinava que cerveja era apenas aquela que era produzida com malte de cevada, lúpulo e água. Na época, não se conhecia as leveduras! Leia mais curiosidades sobre cerveja em nosso blog, é só clicar aqui! 

Afinal, por que a Lambic é a “mãe das cervejas’’?

Realmente não vamos poder fugir de um pouco de história para explicar o motivo pelo qual a Lambic é considerada a “mãe das cervejas”. A primeira cerveja produzida na história da humanidade também não usou as técnicas que temos à disposição atualmente. Não era possível controlar a temperatura e não se sabia o impacto da fermentação. 

De alguma forma, os cereais eram colocados em contato com a água e o ambiente se encarregava da sublime alquimia, fomentando as bactérias para que a fermentação ocorresse e assim gerasse o líquido sagrado.

Aliás, se você quiser saber um pouco mais sobre a origem da cerveja e o papel feminino nessa descoberta, temos um artigo bem especial em nosso blog, clique aqui para ler! 

 

Variações da Lambic também merecem destaque

Com o tempo, aprimoramentos foram incorporados à receita clássica da Lambic, o que originou algumas variações das tradicionais Lambics Puras. Merecem destaque aqui os blends dessas bebidas com diferentes tempos de maturação, gerando o subestilo Gueuze, uma sinergia entre Lambic jovem e velha. Após o blend, a cerveja é engarrafada e fermentada novamente na garrafa, o que se traduz em intensa carbonatação.

A Fruit Lambic é uma categoria geral para qualquer tipo de Lambic que conta com adição de frutas. Algumas receitas contam com cerejas ou framboesas para formar as Fruit Lambic, ou de açúcar, originando as cervejas Faro. A Faro Lambic é uma cerveja de cor âmbar, presença de aromas rústicos característicos das Lambics e notas adocicadas, remetendo a caramelo. 

Será que a Lambic é para o seu paladar?

Antes de te ajudar a responder essa pergunta, sempre ressaltamos que os cervejeiros ou então grandes apreciadores devem estar abertos a experimentar novos sabores. Afinal, nada como a experiência gustativa para realmente determinar a sua opinião. Nesse processo de experimentação, certamente você vai fazer ricas descobertas e aumentar seu repertório na hora daquele bate-papo com os amigos cervejeiros. 

Falando exatamente sobre a experiência sensorial da Lambic, está aí um dos grandes diferenciais dessa cerveja. Destacam-se as notas de couro, madeira e saídas que remetem a algo defumado. O amargor é geralmente baixo e vale lembrar que a Lambic é feita normalmente com lúpulos velhos, utilizados mais para a conservação da cerveja do que para trazer algum aroma ou sabor – estes todos oriundos da fermentação e da maturação em barricas de carvalho por um longo período.

 

Por conta de toda essa alquimia, esse é um estilo, normalmente, não muito convencional de cerveja, inclusive com sabores que pouco remetem às cervejas mais tradicionais, mas que só mostram toda a complexidade de uma cerveja que carrega muita história e é produzida de uma forma única, tendo como lema o “tempo’’ em todas as etapas do seu processo. 

 

Quer provar algo novo? A Kremer pode te ajudar! 

Nossa linha de Cervejas Especiais transforma simples apreciadores em verdadeiros especialistas. E se você está em nosso blog, certamente está adquirindo mais conhecimento nesse universo tão vasto das cervejas artesanais. 

Temos sete opções, com copos exclusivos. São Cervejas Especiais criadas para fazer das comemorações casuais, verdadeiros banquetes reais. Nossas matérias-primas são altamente selecionadas, um bom exemplo disso é o malte e o lúpulo provenientes dos berços germânicos, além da água da montanha,

O melhor de tudo é comprar sem sair de casa! Você pode retirar na loja ou receber em sua casa, sem complicação. Clique aqui para explorar nossa loja online, repleta de novidades pra você.

Aproveite para acompanhar a Kremer nas redes sociais. Siga nosso perfil no Instagram @kremercervejaria, curta nossa página no facebook.com/kremercervejaria e fique por dentro deste e de muitos outros conteúdos.

 

Um abraço e até a próxima!