Dicas pra preparar o Churrasco do Dia dos Pais

7 de agosto de 2013 | Por admin

Quer surpreender seu pai no próximo domingo? Então planeje um churrasco Dia dos Pais, reunindo toda a família em volta da churrasqueira. Só não vale deixar seu pai de plantão para cuidar das carnes!
Assuma o comando e propicie um almoço especial nesta data festiva. Aproveite e encomende o Chopp Kremer, um chopp de origem com antecedência para que ele chegue à sua casa já geladinho e pronto para consumo.
Nas lojas Chopp Kremer Express também é possível adquirir alguns mimos para o velhinho, diretamente da Boutique Kremer, como aventais, bonés, estojo de copos e muito mais.

E então? Gostou da ideia? Então fique atento as dicas abaixo para preparar um bom churrasco.

Como calcular
– Se a opção for por uma carne sem osso (vazio, picanha, por exemplo), compre 300g por pessoa.
–  Se o churrasco for de costela, por exemplo, compre entre 400g e 450g por pessoa.
–  Quem achar pouco deve lembrar que geralmente a carne é acompanhada por farofa, arroz, salada de maionese, pão com alho, e salada verde.
– Para uma família de quatro pessoas, sugerimos 1,2kg de vazio, 1,2kg de costela e 1/2kg de salsichão. Para assar esta quantidade de carne, 5kg de carvão é suficiente.

Preparativos da churrasqueira
– Acenda o fogo quando começar a espetar a carne.
– Uma boa dica é usar canudos feitos de jornal envolvidos numa garrafa. Coloque a garrafa na churrasqueira e espalhe o carvão em volta. Retire a garrafa. Pegue mais um canudo, coloque fogo, e deposite na cavidade que ficou aberta no meio do carvão.
– O carvão queimará de dentro para fora. A carne vermelha leva em torno de 35 minutos para assar. O frango, 50 minutos.

– O coraçãozinho, o pão com alho e o salsichão assam mais rápido e são boas opções de aperitivo.

Escolher e espetar a carne
A carne que tem mais gordura geralmente é a mais macia. É a gordura que conserva o suco da carne.
– Na escolha da costela, repare na largura do osso. Quanto mais estreito, mais novo era o animal, o que é um indicativo de maciez.
– A picanha pode ser substituída pela maminha ou o entrecot (filé da costela). São opções mais econômicas e saborosas.
– No caso do vazio, se for comprada a peça toda, é preciso tirar o excesso de gordura. Se não for tirada a pelanca, a carne ficará enrugada. O corte deve ser sempre a favor da fibra.
–  Para espetar o vazio, uma boa dica é colocar a carne em ziguezague para que fique mais firme no espeto. O mesmo vale para qualquer carne sem osso.
– Use a parte reta do espeto para espetar a costela. Coloque rente ao osso.
– O salsichão pode ser colocado nos espetos duplos. Se preferir um espeto comum, coloque o salsichão na parte alta da churrasqueira até que fique mais firme.
– Depois de espetar, é a hora de temperar a carne. Além do sal grosso comum, há opções de sal com tempero. Se quiser deixar a mistura pronta, uma dica é colocar 2kg de sal grosso comum para 1kg do sal com especiarias.
– Nunca esfregue o sal na carne. Ele vai impregnar na carne deixando muito salgada. Pegue pequenos punhados e jogue sobre a carne, dos dois lados.

Assar
– Se a churrasqueira tiver duas alturas, coloque os espetos na parte mais alta. O ideal é deixá-los cerca de 25 minutos na parte alta. Depois, coloque na parte mais baixa para dar cor, por cerca de 10 minutos.
–  Ao assar uma costela, coloque o osso virado para o fogo.
–  Tome o cuidado de ir virando a carne para que asse de forma parelha.
–  Antes de servir, bata a carne com uma faca e limpe a ponta do espeto.